Morar Bem Novidades

6 inspirações para definir o formato dos nichos nos ambientes de casa

A arquiteta Karina Korn fala sobre a versatilidade dos nichos para resolver questões de espaço e organização nos projetos

Na concepção de ambientes, os nichos são ótimas soluções para cumprir a tarefa de organizar e decorar a casa. Com vários formatos, tamanhos, opções de composição e funcionalidades, o recurso pode ser utilizado em todos os ambientes da casa. “Os nichos proporcionam uma liberdade muito gostosa para criar. Solto, em conjunto, fixado na parede ou apoiado no piso, é possível utilizá-lo das mais variadas formas”, afirma Karina Korn, do escritório que leva seu nome.

Além de solucionar questões de projetos como espaços reduzidos, os nichos cumprem a função de separar ambientes e trazer evidência para pontos de destaque. “Muitas vezes temos espaços que não podem ser aproveitados nas plantas, como shafts. Nessa situação, a criação dos nichos dá uso a um espaço que não teria função”, explica Karina. “Os nichos são uma solução muito prática e bonita também para dividir espaços. Eles promovem a separação dos ambientes sem pesar”, acrescenta a arquiteta.

Confira algumas ideias versáteis utilizadas pela profissional em seus projetos:

1. Nichos embutidos

No início das escadas que levam os moradores para o segundo andar do duplex, Karina Korn construiu três nichos para receber os objetos decorativos. A proposta foi trazer um toque de sofisticação para demarcar a parede que começará com seu pé-direito duplo. Os elementos vazados receberam pintura em laca fosca.

Projeto Karina Korn Arquitetura. Foto: Edu Pozella

2. Nichos no banheiro

Dentro da área do box, o nicho embutido vem ganhando espaço nos projetos, uma vez que, além da estética, oferece praticidade ao morador e resolve um problema muito recorrente nos banheiros: a falta de espaço. “Quando se coloca uma prateleira dentro do box, o espaço diminui e o morador acaba muitas vezes batendo o braço”, observa Karina. “Os nichos dentro de box são quase sempre possíveis, mas é preciso observar e pesquisar sobre a estrutura do prédio ou da casa”, explica a arquiteta. Não existe um tamanho padrão para o nicho embutido, mas sempre vale respeitar algumas dimensões mínimas de profundidade e altura para acomodar shampoo e condicionador, por exemplo.

Completando o banheiro, três nichos de madeira, acima da caixa acoplada, recebem os brinquedos do pequeno morador – muitos deles, utilizados para deixar o momento do banho ainda mais alegre.

Projeto Karina Korn Arquitetura. Foto: Edu Pozella

3. Nichos decorativos

Na sala de TV, a arquiteta aproveitou o painel de madeira, que revestiu a parede de ponta a ponta e que recebe a TV, para incluir dois nichos de pequena profundidade para incluir objetos e evidenciá-los na decoração do ambiente.

Projeto Karina Korn Arquitetura. Foto: Elisa Soveral

4. Nichos para organização

No home office é fundamental pensar em formas para auxiliar o morador na tarefa de manter livros, pastas e documentos em ordem. Acima da mesa, dois nichos de madeira, com marcenaria da mesma tonalidade da escrivaninha, gaveteiro e piso, estão disponíveis para o dia a dia de trabalho em casa.

Projeto Karina Korn Arquitetura. Foto: Nicola Labate

5. Nichos diferenciados

Sempre é possível incorporar elementos diferentes na decoração! Foi assim que Karina Korn pensou para escolher os nichos inspirados nos pallets. O estilo leve da madeira pinus foi a aposta para combinar com o estilo urban jungle proposto para o quarto: espécies de plantas trazem o tom natural – tão desejado por quem mora nas grandes cidades – combinando com a coleção de discos raros, como o clássico Construção, de Chico Buarque.  

Projeto Karina Korn Arquitetura. Foto: Edu Pozella

6. Nichos em formato de estante

Na extensão da parede da sala de estar e TV, Karina Korn valeu-se da premissa do aproveitamento pleno de todos os espaços. Assim, em uma das extremidades concebeu a estante com armários e nichos, que recebem peças do décor.  

Projeto Karina Korn Arquitetura. Foto: Edu Pozella