A transformação digital está nas nuvens

Saiba como o ambiente em cloud pode ser o impulso que faltava para sua empresa dar o salto em seus processos na era da indústria 4.0

Quando falamos em transformação digital, é comum pensarmos em empresas antigas que usam pouca tecnologia. Porém, dado ao rápido avanço do leque de soluções existentes, há um cenário que vem se desenhando com frequência no mercado: o de empresas que nasceram utilizando tecnologia, ou seja, que já embarcaram na era “pós digital”, antes mesmo de passar por um processo de revolução tecnológica.

Contudo, as mesmas organizações estagnaram e passaram a necessitar de uma transformação. Um exemplo clássico são as de software, principalmente que atuam com o ERP (Sistema Integrado de Gestão Empresarial). Esse grupo nasceu e se expandiu nas últimas duas décadas baseado em uma arquitetura de software no formato “cliente > servidor” – modelo superado pelos softwares web based, gerando  simplicidade para o usuário. Isso porque ele acessa um endereço na internet e utiliza o software sem precisar instalar nada. Pense no Facebook, AirBNB ou LinkedIn: será que eles seriam o sucesso se seus usuários tivessem que instalar uma aplicação para poder usá-los?

Nesta perspectiva, mesmo uma empresa que nasce no berço da indústria 4.0  tem que manter um processo de transformação contínuo para ter vantagem competitiva.

Para Luiz Fernando Souza, CBO da Binario Cloud, as indústrias de soluções em cloud têm democratizado o acesso à tecnologia. Hoje, uma empresa de serviços que inicia com apenas um vendedor pode contratar um software de CRM, pagando um custo mensal por usuário muito baixo. “Na era pré-cloud, era necessário adquirir um software inteiro, custear suas licenças, prover infraestrutura para hospedar e ainda bancar horas de suporte, quando necessário”, explica. Com isso, uma empresa pequena pode não utilizar cloud computing como IaaS, porém há outras entregas baseadas em cloud computing que torna o acesso à tecnologia mais próximo de muitas empresas.

A Binario Cloud entrega ao mercado um amplo portfólio de soluções para computação, que é base para muitas tecnologias utilizadas na era pós-digital. A startup tem uma equipe com vasta experiência em soluções diversas que vão desde sensores, passando por rede, conectividade, segurança, plataformas e sistemas diversos entregues no modelo as a service, possibilitando aos utilizadores acesso a todos os serviços associados a essas aplicações, sejam backups, updates ou manutenções sem custo adicional, uma vez que ele já está integrado no modelo de negócio.

Para adotar a transformação digital, é necessário conhecer os processos atuais e o cenário de sua empresa como um todo, além de entender quais tecnologias estão maduras o suficiente para promover a segurança necessária em que a empresa possa aderir e ter os riscos mitigados. São pontos que convergem com a expertise da Binario neste mercado. “Nós acreditamos que a implementação da transformação digital é a base para que as empresas estejam sempre evoluindo seus processos e elevando o nível de suas entregas. É assim que construímos e escalamos cada área na Binario Cloud e é este o aprendizado que compartilhamos com nossos clientes”, conclui Souza.

Por fim, uma migração para a nova era dos negócios exige tempo e uma estratégia bem definida. Os líderes das empresas, principalmente os de TI, uma das áreas mais afetadas pela transformação digital, precisam preparar os seus colaboradores para a digitalização. É necessário desenvolver o senso crítico e estimular o autodesenvolvimento de uma equipe integrada na melhoria de processos, resultando na adoção constante de novas tecnologias para criar um ciclo de inovação que não se encerra.