Bem Estar Saúde

Centro de Memória Bunge recebe alunos da Universidade Aberta à Terceira Idade, da USP, para workshop sobre Memória

O Centro de Memória Bunge (CMB), um dos mais ricos acervos empresariais do Brasil, recebeu nesta quinta-feira, 11 de abril, um grupo de alunos da Universidade Aberta à Terceira Idade, da Universidade de São Paulo (USP), para um workshop gratuito sobre “Memória do Fazer”.A iniciativa faz parte do projeto Oficina de Turismo Social – Viver São Paulo, que promove a inclusão social dos idosos por meio de visitas a pontos turísticos da capital paulista. O próximo encontro no CMB está agendado para o dia 25 de abril.  


Visita de alunos da Universidade Aberta à Terceira Idade, da USP, ao Centro de Memória Bunge (Crédito: Divulgação/Fundação Bunge)

Durante a visita ao Centro de Memória Bunge, os visitantes foram estimulados a recordarem suas experiências no mercado de trabalho. A atividade contou com o apoio de toda a equipe do CMB, sob a coordenação de Viviane Morais, historiadora responsável pelo CMB. Na ocasião, os participantes também tiveram acesso aos documentos que preservam a história da Bunge no Brasil, empresa que atua no ramo do agronegócio e alimentos e está há mais de cem anos no país. “O resgate de memórias é muito importante para promover a autonomia e a sociabilidade na terceira idade e o Centro de Memória Bunge é uma ferramenta muito importante para iniciativas como esta, da USP”, destaca Viviane.

No Centro de Memória Bunge existem mais de 1,5 milhão de itens divididos entre documentos textuais, iconográficos, tridimensionais e audiovisuais que recontam não só a história da Bunge, mas também grande parcela da história da industrialização do Brasil, desde o início do século 19, bem como a história da propaganda, navegação e do agronegócio brasileiro. O local também promove atividades como atendimento a pesquisa, exposições temáticas, visitas técnicas e benchmarking.