Saúde Últimas

Conheça os cuidados com a saúde bucal para evitar o Coronavírus

O Coronavírus se tornou o centro das atenções no Brasil e no mundo, devido ao grande número de casos da doença.

De acordo com o ministério da saúde, foram confirmados 650 casos de Coronavírus com sete mortes.

Mesmo com as empresas liberando os funcionários para trabalharem em casa, muitas pessoas ainda precisam se deslocar para o trabalho, podendo ser exposto ao vírus no transporte público.

E a boca é um dos lugares onde mais ocorrem o contágio ao Coronavírus e para se prevenir, veja neste texto os principais cuidados necessários para evitar o vírus pela boca.

Para os dentistas

Um lugar onde a contaminação pode ocorrer com muita força é a clínica odontológica. Isso ocorre, pois o dentista atende inúmeros pacientes, deixando o dentista vulnerável.

Já existem restrições de atendimento em alguns estados brasileiros. O Conselho Regional de Odontologia do Rio de Janeiro (CRO-RJ) limitou o atendimento nas clínicas para casos de urgência para reduzir o contato cruzado.

Também no Rio de Janeiro, o órgão suspendeu temporariamente os cursos presenciais de odontologia na capital fluminense, com exceção aos diferentes tipos de curso online de odontologia.

Caso o dentista receba o paciente, é fundamental ter cuidados com a higiene pessoal, como evitar contato direto com os pacientes, como cumprimentos e abraços.

Além disso, o dentista deve estar o tempo todo com todos os equipamentos limpos, como máscara e o óculos. Assim, o profissional estará mais seguro para evitar a contaminação.

Para as pessoas comuns

Já as outras pessoas precisam de cuidados mais delicados, pois são muito mais vulneráveis ao contágio, devido às aglomerações no transporte público.

A principal recomendação para se prevenir ao Coronavírus é lavar as mãos com álcool em gel. Porém, com ônibus e metrôs lotados, a dificuldade de higienização é maior.

Por isso, não coloque a mão na boca após ter contato com corrimões e nas barras do transporte público, pois ela absorve todo tipo de bactérias e leva diretamente ao organismo.

Além disso, evite aperto de mãos, abraços e principalmente beijos, pois essas ações aumentam as chances de contato direto.

Mas outras ações devem ser tomadas para evitar a contaminação ao Coronavírus, como:

Troque regularmente a escova de dente

Se a sua escova de dente está sendo usada por um longo período, a melhor alternativa é trocá-la regularmente.

Isso porque as cerdas da escova começam a se deformar e perder a cor original em alguns meses, deixando a escova mais vulnerável a entrada de bactérias e do Coronavírus.

Além disso, não pegue ou compartilhe a escova de terceiros, pois a escova pode pertencer a uma pessoa com os sintomas do vírus, causando o contato direto pela boca.

Mantenha a higienização da escova e do aparelho

Outra forma de evitar o contato ao Coronavírus pela boca é a higienização regular da escova de dentes, com intuito de deixar o objeto limpo sempre.

É possível limpar a escova usando antissépticos bucais, como enxaguantes durante alguns minutos. É possível também limpar com água fervente, mergulhando a escova por poucos minutos, removendo os resquícios de bactérias, vírus e do enxaguante bucal.

Além disso, pode-se limpar a escova com vinagre e bicarbonato de sódio. Misture os dois ingredientes e mergulhe a escova por alguns minutos. O cheiro pode ficar forte, mas vai eliminar a presença do Coronavírus na escova.

Os mesmos procedimentos também precisam ser feitos no aparelho dental, pois a pessoa faz o uso diário e a higienização evita o contato direto com o vírus.

Todos esses procedimentos devem ser feitos todos diariamente, pois assim evita a presença da doença nos equipamentos dentários.

Cuide da saúde bucal para evitar o Coronavírus

O Coronavírus está causando um grande impacto na vida social das pessoas, devido ao seu fácil e rápido contágio. Por isso, é necessário manter a higiene bucal em dia para se prevenir.

Para os dentistas, evite o contato direto com os pacientes e sempre utilize os instrumentos odontológicos necessários, como máscara e óculos. 

Já os pacientes não devem colocar a mão na boca, evitar apertos de mão, abraços e beijos. Além disso, mantenha a escova de dente limpa e ao perceber a deformação das cerdas, troque-a imediatamente.

Assim, as pessoas vão estar menos expostas ao Coronavírus e terá mais atenção diária a sua higiene bucal.

Esse artigo foi escrito por Mateus Portela, Growth Hacker do Consulta Ideal