Bon Vivant Cultura Nas Gôndolas

Dia do Pudim: Veja dicas para fazer um pudim perfeito

Tradicional, fácil de fazer e com um sabor delicioso. Essas são algumas das características do pudim, o doce que está sempre marcando presença na mesa do brasileiro. Por isso, a sobremesa tem até um dia especial: 22 de maio. Pensando em ajudar no preparo dessa receita, a culinarista de Receitas Nestlé, Miriam Chagas, esclarece quatro dúvidas sobre o doce, que ajudam a criar um pudim perfeito. Confira!

1. O pudim deve ter furinhos ou não?

Isso é uma questão de gosto e depende de cada cozinheiro, sendo a temperatura do forno que vai determinar a presença ou não dos furinhos. Para quem deseja um pudim com textura lisinha, sem furinhos, é preciso levá-lo ao forno a 180º, por 1h30. Já quem gosta do doce com furinhos, deve cozinhá-lo ao forno a 220º, também por 1h30.

2. Como saber se o ovo está bom para uso?

Se você quer descobrir de forma rápida e prática se o ovo está bom para uso, deve colocá-lo dentro de um copo com água. Se ele afundar, está bom, caso contrário não servirá para uso e deve ser jogado fora.

3. Como evitar que o pudim fique com cheiro forte de ovo?

Para não deixar aquele cheiro de ovo no pudim, é necessário bater a mistura por pelo menos um minuto no liquidificador. Assim, ela ficará bem homogênea e sem cheiro de ovo.

4. Para a calda, posso trocar açúcar refinado por açúcar demerara?

Sim, é possível. No entanto, é preciso ficar atento ao tempo de derretimento do açúcar e à cor do caramelo, que são diferentes de produto para produto. Confira o ponto ideal do caramelo aqui .

Pudim e Leite Moça

E é impossível falar de pudim sem falar de Leite Moça. A marca que está prestes a completar um século no mercado brasileiro é a garantia que tudo que pode dar certo vai dar certo, inclusive os pudins com ou sem furinho.

Leite Moça iniciou o ano com uma grande novidade: uma nova latinha repaginada com a receita original desde 1921, versão integral com 8% de gordura, e também novas caixinhas em três tamanhos diferentes: 260g, 340g e 395g.

A nova identidade visual da latinha destaca toda originalidade e iconicidade da marca que está presente em cerca de 60% das receitas doces e que ajudou a construir a cultura do doce no país.

Já o Leite Moça caixinha com fórmula semidesnatada, 6% de gordura, oferece novas possibilidades de consumo para diferentes ocasiões e perfis de consumidor e mantém a mesma certeza de que com Moça tudo que pode dar certo vai dar certo. Os consumidores já encontram nas principais redes varejistas o já conhecido 395g, uma boa opção para receitas menores de 260g e o 340g exclusivo para os supermercados de bairro.

O Leite Moça Light também deixa de ser comercializado na lata para ser exclusivo em caixinha mantendo a mesma receita e sabor.

Quem quiser conferir outras sobremesas que têm o Leite Moça como ingrediente, pode conferir uma foodlist especial criada para a marca. É só clicar aqui .