Mundo Empresarial Novidades

E o susto que o dólar deu hoje pela manhã?

por Bruna Allemann

Poderia ser um dia normal, na verdade quase. Investidores nas expectativas sobre o mercado que vem em uma linha desregulada de alta e queda, assim como intervenção do Banco Central. Mas até quando? E de onde vem esse medo todo?

Muitos especialistas falam que analisar o histórico não é garantia de futuro, mas deixam para trás todas as informações relevantes que resultaram neste cenário de “crise” atual.

Amanhecemos com Trump fechando a fronteira para turistas e imigrantes Europeus, dólar chegou a R$ 5, 016, bolsa em mais uma parada em menos de 24 horas, caindo 15%. E o investidor internacional, que desde dezembro, está esperando o dólar baixar para investir, sentiu no bolso essa forte alta da moeda americana. Qual a melhor hora de investir? E tudo isso por conta do Corona vírus?

Não! Viemos de um processo de vários pontos que foram impactando. O Brasil ainda como uma economia instável e uma grande incerteza política, chegando a um déficit de quase 3 bi em alguns meses de retirada de investimento internacional no país. Nossa desestabilização do governo impacta negativamente e não somos uma potência para estarmos sós, e não serem impactos diante aos fatos.

Devo investir agora? Sim, se entrar dentro das suas estratégias. Pense no dólar como uma moeda que só se valoriza. Vejo investidores meus perdendo quase 200 mil só em relação à moeda, porque esperaram demais o mercado cair. Mas isso só vai acontecer quando o mundo melhorar. Ele só vai cair quando o Brasil se posicionar economicamente e politicamente. Enquanto isso, coronavirus chega (ainda sem muitos casos relevantes no Brasil) e destrói o castelo em manutenção.

Pense bem, não escute opiniões. Analise as situações. Veja como o mercado reagiu diante outras crises devido a doença. Mais ainda, grandes impactos mundiais como as torres gêmeas em NY, crise Grega, 2008.

 Pode ser sim agora a melhor hora de começar a agir, e resguardar seu patrimônio em uma moeda que vale R$ 5,00.

Sobre Bruna Allemann

É economista e atuou dez anos no mercado de crédito e investimentos para clientes de alta renda, auxiliando os médios e grandes empresários principalmente dos setores de agronegócio e comércio exterior. Com uma ampla experiência em fluxos financeiros, capital de giro, redução de custos logísticos e operacionais, pagamento de impostos e operações de crédito estruturadas, atualmente auxilia brasileiros a internacionalizar suas empresas, dolarização de patrimônio, imigração através de investimentos e gestão de recursos offshore através de consultoria internacional. Contando com mais uma responsabilidade em sua carreira, também é diretora de investimentos e capital markets para a América do Sul de uma grande empresa de Real Estate americana. Para saber mais, acesse o perfil @bruallemann ou @allemann.co.