Mundo Empresarial Tecnologia e Games

Empresa de contact center adere ao home office para não paralisar atividades

Esse segmento faz a ponte entre grandes marcas e clientes e continua em ação mesmo em tempos de crise como essa, provocada pelo Coronavírus; na dbm contact center 80% dos colaboradores ingressaram no trabalho remoto

Em tempos em que o isolamento social é a principal medida para evitar a proliferação e conter a escalada do Coronavírus, o setor de contact center ganha destaque por agilizar a comunicação e encurtar a distância entre as empresas e os clientes. Por isso, os colaboradores desse setor também mão podem parar de trabalhar.

E como as empresas estão fazendo para cuidar da saúde dos seus funcionários sem tirar esses soldados do pelotão de combate? A dbm contatc center emprega cerca de 1600 colaboradores em Curitiba, no Paraná. E lá as medidas de prevenção para evitar a infecção no ambiente de trabalho e coibir a disseminação do vírus fora dos muros da empresa começaram cedo.

O trabalho remoto já no iniciou na semana que passou, no dia 16 de março. Os primeiros a ingressarem no home office foram aqueles acima dos 50 anos e as mulheres grávidas. No decorrer da semana, a empresa foi se adaptando ao novo cenário e conseguiu mandar para casa 80% de sua equipe. “A virada da dbm contact center para o trabalho remoto foi muita rápida, em três dias. Nossa área de facilities ofereceu suporte para os colaboradores que não tinham uma estrutura mínima para exercer a atividade na sua residência, fornecendo os insumos necessários. E a equipe de TI também realizou uma força tarefa imensa, em curto espaço de tempo, para garantir a produtividade dos funcionários em casa”, explica Eliana Tartaglione, gerente de recursos humanos da dbm contact center.

E quem continua operando na sede da empresa também está recebendo assistência especial, para evitar a contaminação. “Esses colaboradores estão sendo assistidos pela equipe de SESMET, que está fazendo medição de febre, zelando pela limpeza do local, para que todo o ambiente seja desinfectado constantemente, além cuidar para que todos mantenham uma distância de, pelo menos, 2 metros, entre outras recomendações de prevenção”, informa Eliane.

Ela acrescenta que garantir o bem-estar dos colaboradores faz parte da política de recursos humanos da dbm e está no DNA da empresa desde sua fundação. “Sempre tivemos um olhar muito humano no trato com os colaboradores e, nesse momento, em especial, não poderia ser diferente. A diretoria não mediu esforços para colocar o máximo de pessoas em segurança, trabalhando nas residências, pensando também na saúde dos familiares. Nosso objetivo é evitar novas infecção e salvar vidas. Por isso, manteremos o trabalho remoto e os cuidados redobrados com nossa equipe presencial até que a pandemia esteja controlada no Brasil”, afirma a gerente de recursos humanos da dbm contact center.

Os colaboradores estão felizes com a iniciativa. “Está sendo uma experiência nova e rica para todos nós. O home office é muito confortável nesse momento de crise por causa do Coronavírus, com tantos riscos na exposição lá fora. Poder ficar em casa é tranquilizante para nós. Nossas atividades diárias continuam as mesmas. Temos grupos para nos orientar diariamente sobre alguma mudança na nossa operação e o contato com nossos supervisores é o mesmo. Eles também nos motivam e nos mandam mensagens positivas”, declara Bruna Moreira Paul, assistente comercial interna.

Equipe motivada e engajada

Ficar casa com a segurança de que está menos exposto ao risco do Coronavírus não só na empresa, mas no transporte público para chegar ao trabalho, por exemplo, contribui para a motivação dos colaboradores, na opinião de Melina Lass, diretora de operações da dbm contac center. Na opinião dela, todos eles entenderam o recado das autoridades e sentem-se valorizados por fazer parte desse movimento social no Brasil que incentiva as pessoas a ficarem em casa.

 Em poucos dias, as redes sociais da dbm foram recebendo manifestações voluntárias dos colaboradores, que permanecem unidos nas plataformas digitais. Eles próprios criaram a hashatag #ApesarDeLongeJuntosSomos+Fortes e espalharam a mensagem por meio de vídeos feitos no novo ambiente de trabalho – ou seja, na própria residência.

É por meio dessa interação que os colaboradores continuam fomentando o espírito de coletividade, que faz parte do ambiente de trabalho cotidiano dbm contact center. “Nós apoiamos essa iniciativa e abrimos espaço nas nossas redes sociais para essas manifestações, que são espontâneas. É uma forma de manter o entrosamento, que é uma característica marcante do nosso time. Além disso, esse contato virtual, promovido pela tecnologia, ameniza os efeitos colaterais da sensação de isolamento e faz bem para a saúde mental dos nossos colaboradores. Todos nós, brasileiros, estamos passando por momentos de estresse e ansiedade, diante da insegurança provocada pelo Coronavírus. Todos nós estamos tentando entender todo esse cenário desolador e pensando em quando nossa rotina poderá voltar ao normal”, finaliza Melina.