Bon Vivant Nas Gôndolas

Especialista dá dicas de como economizar nas compras de fim de ano

Pesquisa de preços, compras a vista e clube de benefícios estão entre as opções econômicas que ajudam a não extrapolar o orçamento

As festas de fim de ano costumam ser propícias a gastos. Compras em supermercados, roupas, calçados, presentes, além de viagens, festas e eventos, movimentam a economia nessa temporada, mas podem pesar no bolso do consumidor brasileiro. Segundo dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), espera-se um crescimento de 4,8% nas vendas de fim de ano no varejo em relação ao ano passado. 

Para Raissa Urbano, especialista em finanças e CEO da Descompplica, uma fintech e clube de benefícios para a classe C, as compras de fim de ano podem ser um enorme agravante para o brasileiro entrar 2020 no vermelho, principalmente se deixar acumular com dívidas de IPVA e IPTU. Segundo a especialista, o ideal é pesquisar preços e comprar somente o necessário.

“Fim de ano exige muito do consumidor, que precisa ir ao varejo diversas vezes no mês para as compras de natal e ano novo. Só precisa tomar cuidado para não extrapolar o orçamento, pois as contas de IPVA e IPTU, estão chegando, e ele corre o risco de entrar no vermelho. Para economizar, o ideal é pesquisar os lugares com o melhor preço e comprar somente o necessário”,orienta. 

Além da orientação dada pela especialista, listamos algumas dicas para ajudar a economizar nas compras e não iniciar 2020 no vermelho. 

Compras no supermercado

  • Faça uma pesquisa de preço nos supermercados, fique de olho nas propagandas e aproveite as promoções oferecidas;
  • Se fizer parte de algum clube de benefício, utilize-o para conseguir descontos;
  • Diminua a ida aos supermercados, vá uma vez só. Se possível, faça uma lista de compras para não esquecer de levar nenhum item;
  • Evite parcelar as compras no cartão de crédito;
  • Compre somente o necessário. É normal a compra em grande quantidade para aproveitar os preços e promoções de fim de ano, mas não é o recomendável. A maioria dos produtos em promoções do tipo leve 3 e pague 2 estão perto da data de vencimento e podem levar o consumidor ao prejuízo.

Compras em lojas de departamento

  • Aproveite para comprar presentes para crianças e a família, mas não se esqueça da pesquisa de preços, às vezes um determinado produto é mais caro na loja de departamentos do que em lojas especializadas;
  • Cuidado com a pegadinha do cartão. Lojas de departamento costumam empurrar a aquisição do cartão de crédito no consumidor, oferecendo o pagamento da primeira parcela para 60 dias. Muito cuidado, pois podem conter juros. Aliás, não faça um novo cartão de crédito no fim do ano;
  • Se for utilizar o cartão de crédito, opte pelo parcelamento com poucas parcelas, priorizando um valor que não pese no bolso;
  • Faça parte de clubes de benefícios da loja ou pague a compra com cartões que oferecem descontos nas próximas.

Compras e gastos em viagens

  • Se programe com antecedência. A melhor forma de não gastar além das contas em viagens é planejar com calma. Faça uma pesquisa de preços e compare um com outro, os descontos podem fazer a diferença para o bolso;
  • Feche estadia e passagem com antecedência. Se deixar para a última hora os preços sobem devido a alta procura e o consumidor pode pagar além da conta;
  • Aproveite as promoções e benefícios oferecidos pelos clubes de benefícios;
  • Jamais deixe para comprar itens de banho, protetor solar e outros produtos de higiene na viagem. Para isso, aproveite a ida nas lojas de departamento e compre o necessário;
  • Se tiver milhas acumuladas, resgate e utilize para conseguir descontos em pontos parceiros, restaurantes e até mesmo na passagem.

Seguindo as dicas será fácil economizar e iniciar 2020 longe das dívidas. Além disso, é uma oportunidade para aplicar em outras épocas do ano. Boas festas!