Bem Estar Cultura Saúde

Famílias da Vila Torres recebem kits de alimentos da Mondelēz Brasil

Além do kit, as famílias receberam frutas, verduras e legumes doados pelo banco de alimentos

135 famílias em vulnerabilidade social de Curitiba, receberam nesta quarta-feira (29), frutas, verduras, legumes,biscoitos, sucos e outros itens para complementar a alimentação neste período de COVID. As doações aconteceram por meio do Programa Mesa Brasil Sesc Paraná e contou com o apoio da Mondelēz Brasil, dona de marcas como Lacta, Oreo, Trident, Tang, entre outras, que doará cerca de 2,5 toneladas de alimentos a comunidades no estado.

Os mantimentos foram doados aos familiares dos alunos da Escola Social Marista Eunice Benato, mantida pelo Grupo Marista. A entidade atende 116 alunos de 4 meses a 5 anos de idade e ainda outras 19 famílias de jovens e adolescentes que não possuem fonte de renda.

Adline Paul é haitiana, mora no Brasil há 5 anos e está sem rendimentos devido à crise causada pelo novo coronavírus (COVID-19). Ela e a filha Jueli, de 3 anos, comemoraram ao receberem os kits. “Estou muito feliz. Esses itens vão nos salvar em casa, não teríamos quase nada se não fosse isso. Os biscoitos vão ser uma  alegria para a minha filha, ela gosta bastante e nesse momento, não temos condições de comprar”, destacou.

O Programa Mesa Brasil Sesc atende mais de 700 instituições em todo o Paraná.  Somente em Curitiba e Região Metropolitana, são 180 entidades totalizando mais de 29 mil pessoas impactadas pelas ações.  “ Nossa parceria com a Mondelēz Brasil é de longa data. Desde 2004 nós nos unimos para proporcionar bons momentos às famílias ao redor de suas mesas. Tenho certeza que essa parceria ainda trará muitos frutos”, ressaltou a assistente social responsável do programa em Curitiba e RMC, Franciane Jachinoski.

Segundo a nutricionista da equipe de coordenação estadual do Mesa Brasil Sesc, Cibele Lindner, o Programa tem o objetivo de incrementar as refeições que as crianças fazem nas escolas, além de incentivar a redução de desperdício em empresas e supermercados. Ela ressaltou que os kits compostos com produtos da empresa como biscoitos, refrescos em pó, e outros, é uma forma de amenizar a ansiedade vivida pelas crianças. “Vamos atender um público que infelizmente, não possui acesso livre a esse tipo de alimento, então, esses kits vão tornar a refeição um momento especial para essas crianças”, disse.

Miriam Saimon, trabalha em um restaurante como auxiliar de cozinha e o estabelecimento permanece fechado. Mãe de um menino de 1 ano e meio, ela vê na doação uma boa oportunidade de incrementar a alimentação da família. “Estamos com os mantimentos básicos em casa. Esses produtos vão ajudar a gente por que estamos sem renda, não temos condições de comprar no momento. O Rodrigo adora essas bolachas e tenho certeza que ficará muito feliz em poder comer um pouquinho”, contou.