Cultura Mundo Pet

Gatinho protagoniza comercial e provoca campanha de ajuda aos animais

Abrigado pela ong Bicho Urbano, Theo deu o recado, recebeu cachê e sensibilizou doadores

O gatinho Theo acaba de estrelar um vídeo publicitário feito pela Elefante Mídia para a empresa Luto Curitiba, alertando o consumidor para não levar gato por lebre ao comprar um plano de assistência funeral. Um outro gatinho protagonizou um filme da AlmapBBDO mostrando ao público que tudo que ele procura pode ser encontrado no site da gigante Amazon. Os atores de quatro patas sempre fizeram sucesso na televisão. Quem não lembra do linguicinha das autopeças Cofap?

No caso de Theo, ao vestir as orelhinhas compridas de lebre ele não só ajudou a dar o recado da marca, como também ganhou mimos e um cachê para ajudar os bichinhos abandonados que são atendidos pelo Instituto Bicho Urbano. Sua atuação e a celebração do Dia de São Francisco, protetor dos animais, em 4 de outubro,  também motivaram os colaboradores da empresa a lançar a campanha “Eu Luto pela proteção animal”, para arrecadar ração e outros insumos para os animaizinhos sem lar.

“Ele é um gatinho doce, não ficou estressado no estúdio de gravação nem mudou o comportamento ao voltar pra casa”, conta a protetora Mara Pires, há 15 anos trabalhando na causa da proteção animal e diretora da ong Instituto Bicho Urbano, junto com Débora Haramura Casaril. Nesse período, elas já encaminharam mais de três mil bichinhos para a adoção responsável. Todo domingo, das 11h às 16h, ela bate ponto com a turminha peluda na feirinha de adoção da Casa do Produtor do bairro Rebouças.

.

A luta não é pequena. Além de acolher cães e gatos abandonados, a ONG providencia lar temporário e busca adotantes responsáveis, que assinam termo de compromisso ao levar um novo amigo para casa. Também está sempre em busca de voluntários e de doações de ração, remédios e dinheiro para pagar cirurgias de castração e tratamentos veterinários. Todos os animaizinhos são doados castrados e vacinados, e a instituição ainda ajuda outros protetores com menos recursos, principalmente nesse período de pandemia.

“Minha maior alegria é encaminhar um bichinho para um bom lar. Sempre vamos entregar em casa para ver se toda a família está de acordo; se o novo amigo atende ao perfil desejado, para que não seja rejeitado; se não há rotas de fuga…Depois, não tem o que pague ver o instagram da família com o mascote bem tratado e feliz. Cada vez que vejo as imagens eu choro”, conta Mara.

As contribuições para a campanha “Eu Luto pela proteção animal” podem ser feitas em qualquer unidade da Luto Curitiba até o dia 20/10. Para conhecer os endereços, acesse o site lutocuritiba.com.br. Para saber mais sobre a ong Instituto Bicho Urbano, acesse facebook.com/bichourbanoinst e @instbichourbano no instagram. Doadores de outras cidades podem doar diretamente para o Instituto Bicho Urbano, mediante contato pelas redes sociais.