Novidades Tecnologia e Games

GreenYellow investe mais de R$ 18 milhões em solução de energia sustentável para a rede Assaí Atacadista

No Paraná, uma loja da rede, localizada em Londrina, receberá uma usina de energia solar ainda em 2019

A rede de atacado de autosserviço Assaí Atacadista recebeu investimentos de mais de R$ 18 milhões da GreenYellow, empresa especializada em Gestão Inteligente de Energia e soluções de Eficiência Energética, Energia Solar e Monitoramento, para a construção de 4,5 MWp de usinas fotovoltaicas em oito de suas lojas. O potencial de energia produzida por essas usinas é de mais de 6.600 MWh, equivalente ao consumo de 3.400 residências, o que representa uma redução de cerca de 530 toneladas na emissão de CO2 na atmosfera. No estado do Paraná, uma loja da rede, localizada em Londrina, receberá uma usina de energia solar ainda em 2019.

Ao implementar as usinas fotovoltaicas, o Assaí acompanha a crescente demanda da sociedade de fazer parcerias com empresas comprometidas com a sustentabilidade. “Nosso objetivo é ser um agente para uma mudança de paradigma utilizando em toda a nossa operação soluções sustentáveis, não só no âmbito energético como em toda a cadeia do nosso negócio. Ao optar pela utilização de usinas fotovoltaicas da GreenYellow, instaladas nos telhados de nossas lojas, contribuímos para o uso de soluções renováveis e limpa, reduzindo os impactos ambientais”, declara Marly Lopes, Diretora de Marketing e Sustentabilidade do Assaí.

Ao todo, mais de 600 módulos fotovoltaicos serão instalados na unidade, somando uma área de aproximadamente 1300 m2 para produção de energia captada dos raios solares. Com potência instalada de 217 KWp, equivalente ao consumo de 163 residências, os módulos abastecem o consumo das ilhas de refrigeração e frentes de caixa da loja.

Em apenas um ano, a usina deixará de emitir cerca de 25 toneladas de CO2 na atmosfera. 

Segundo relatório anual da Bloomberg New Energy Finance, divulgado em junho de 2018, no New Energy Outlook (NEO), as fontes de energia solar, junto com as eólicas, devem representar 50% da geração mundial de energia até meados desse século. Em paralelo, as fontes não renováveis e poluentes devem diminuir. O carvão, por exemplo, deve ter declínio de 11% em sua participação na geração global de eletricidade, no mesmo período. O estudo mostra ainda que a queda nos custos de baterias para armazenamento de energia, utilizadas pelas soluções renováveis e limpas como a energia solar, e seu uso proliferado devem fortalecer o desenvolvimento dessas soluções a níveis exponenciais.

Para o diretor presidente da GreenYellow no Brasil, Pierre-Yves Mourgue, as soluções de energia sustentáveis como as usinas solares são importantes para trazer autonomia para as empresas, afim de manter operações cada vez mais limpas e renováveis. “Esse é uma questão que já está sendo contabilizada nas mesas de negociações em todos os segmentos corporativos: o quanto a empresa respeita e faz ações de acordo com a sustentabilidade do planeta. A rede Assaí Atacadista é um exemplo de empresa que está em sintonia com a nossa filosofia de trabalho que é o de oferecer modelos energéticos cada vez mais eficientes e sustentáveis. Ao escolher a GreenYellow como parceira contou com nossa ampla experiência como gerenciadora inteligente de energia”, declara.