Bem Estar Saúde

Hospital de Base ganha tecnologia para levar informações às famílias dos pacientes com Covid-19

O projeto foi desenvolvido e doado ao hospital pela Ciatécnica, empresa referência em transformação digital

A tecnologia pode ajudar muito a minimizar a dor das famílias de pacientes com Covid-19. O sistema do Hospital de Base de São José do Rio Preto/SP, por exemplo, doado pela Ciatécnica, permite acessar o boletim médico diário para informar os familiares sobre as condições de saúde de cada um deles.

Desenvolvida pela Ciatécnica, a plataforma possibilita a integração do WhatsApp e do chat do site do HB ao sistema de gestão do hospital, reunindo dados importantes dos pacientes em um só lugar, fazendo com que eles possam chegar aos familiares, já que as visitas estão restritas diante do atual cenário pandêmico.

“A Ciatécnica já estava trabalhando com uma proposta de implementação de plataforma de integração e com a pandemia o hospital enxergou no projeto uma maneira de levar informações aos seus pacientes, automatizando o processo e proporcionando mais tempo para sua equipe se dedicar ao atendimento médico. Então, não pensamos duas vezes e fizemos essa doação, não só para o hospital, mas para a sociedade”, explica João Gubolin, CEO da Ciatécnica.

Por meio da plataforma é possível consultar as informações dos pacientes de forma rápida, segura e sem a necessidade de intervenção ou contato com nenhuma outra pessoa do hospital. Para acessar os dados, o familiar recebe um número de identificação. As informações veiculadas no boletim são autorizadas pelo próprio paciente ou representante legal.

Para Thiago Soler, gestor de tecnologia da Funfarme, este tipo de projeto se torna muito importante para a sociedade, ainda mais em momentos como estes, na tentativa de alcançar e acalmar a angústia dos familiares dos pacientes. “Acredito que a comodidade, segurança e tranquilidade devem estar presentes, ainda mais em período de pandemia, sem a possibilidade de visita dos familiares. E com esse tipo de serviço, eles ficam mais tranquilos ao saberem o que está acontecendo com seus entes queridos dentro do hospital”.

Sobre o projeto

Com uma média de 530 pacientes já beneficiados com a solução, “o maior desafio do projeto foi realizar o processo em um tempo muito rápido para ter os benefícios e aliviar a área responsável por transmitir as informações do paciente do hospital”, pontua Vladimir Pereira, diretor de soluções de TI da Ciatécnica. 

O projeto levou, aproximadamente, 30 dias desde sua implantação e finalização para uso. “Precisávamos de uma solução como essa, e o sistema ficou pronto em tempo recorde. Nós investimos a mão de obra e a Ciatécnica, gentilmente, doou o tempo e o esforço da sua equipe no desenvolvimento da integração de forma gratuita”, elucida Thiago Soler, da Funfarme. 

“A tecnologia é de extrema importância para o desenvolvimento de uma medicina de alta complexidade nos dias de hoje. E a implantação de melhorias que irão auxiliar no processo de humanização e acolhimento dos pacientes e seus familiares, com certeza, é um dos pilares a ser trabalhado no Complexo da Funfarme. Em nome de toda a diretoria e de todos os pacientes que aqui passam, agradeço a equipe de tecnologia da Funfarme e parabenizo pela ação solidária a Ciatécnica, nossa parceira neste projeto”, enfatiza o diretor financeiro da Funfarme, Robson Ribeiro.