Cultura Novidades

Inscrições para o Prêmio Gestor Público Paraná vão até o dia 16 de julho

A edição 2021, que tem como tema Assistência Social, busca projetos que prezam pelo desenvolvimento máximo dos cidadãos.

Estão abertas as inscrições até o dia 16 de julho para a 9ª edição do Prêmio Gestor Público Paraná (PGP-PR), que premia gestores públicos das cidades paranaenses com projetos que visam boas práticas de gestão pública em prol dos cidadãos.

Apoiada pela Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro-PR), em 2021, a premiação tem como tema “Assistência Social: Amparar e Capacitar para Crescer”.

Após um ano complicado por conta da pandemia causada pelo Coronavírus, o PGP-PR chega em 2021 com a missão de identificar projetos inovadores, a partir de iniciativas que visam o desenvolvimento humano e que ofereçam melhores condições de vida para a população.

Roberto Marcelino, diretor da Assespro-PR, diz que a tecnologia é uma aliada dos gestores públicos na busca por benesses para os cidadãos. Por isso, o conceito de Smart Cities deve ser levado em conta na elaboração de projetos. Uma Smart City, ou Cidade Inteligente, é aquela que usa tipos diferentes de ferramentas tecnológicas para coletar dados e usá-los para gerenciar recursos e ativos de forma eficiente, para uma melhor gestão de recursos, controle de bens públicos e desenvolvimento dos cidadãos.

“Nos últimos três anos se intensificou ainda mais a questão de uma cidade que se prepara melhor de maneira geral, usando recursos tecnológicos para evitar ou diminuir os estragos oriundos de catástrofes ligadas ao clima e adversidades no ambiente urbano, como a pandemia, que, inclusive, poderia ter sido minimizada se mais bem monitorada”, diz o diretor.

Segundo Marcelino, uma boa fonte de esclarecimento e norteamento sobre a pauta de Cidades Inteligentes pode ser encontrada na Carta Brasileira de Cidades Inteligentes, em: www.gov.br/mdr/pt-br/assuntos/desenvolvimento-regional/projeto-andus/carta-brasileira-para-cidades-inteligentes.

Também é possível buscar esse aprimoramento em empresas especializadas, como a iCities – da qual Roberto é diretor –, que apresenta uma variedade de opções de projetos e eventos especializados em Smart Cities.

Além de prefeitos e secretários, são aceitos projetos de fundações e autarquias municipais, empresas públicas e sociedades de economia mista, câmaras de vereadores e consórcios de municípios. Um dos requisitos para que um projeto possa concorrer é a necessidade de estar em plena execução, mesmo com prazo inferior a um ano, desde que possua resultados parciais passíveis de mensuração.

Apesar do tema de 2021 ser Assistência Social, cada município pode inscrever projetos de diversas áreas da administração pública, entre elas, educação, meio ambiente, saúde, segurança etc., num total de cinco projetos por município.

“Estimular os gestores públicos através do prêmio aumenta muita a possibilidade de termos, em breve, projetos de Cidades Inteligentes sendo replicados pelos municípios paranaenses e brasileiros, que tiveram origem nessa manifestação genuína que o prêmio traz, e como resultado, servir o povo com o que há de melhor, pois ele é o grande mantenedor do estado”, explica Roberto Marcelino.

Passo a passo para inscrição:
  • A inscrição é simples e rápida.
  • Acesse o site: www.pgp-pr.org.br;
  • Faça o seu cadastro no site e realize o login no sistema;
  • Clique em “Novo projeto” para ter acesso à ficha de inscrição;
  • Preencha toda a ficha com atenção e respeitando os sinais de obrigatoriedade ao lado das perguntas (**);
  • Depois de preenchida a ficha, clique em “Salvar”, se quiser revisar e/ou adicionar outras informações posteriormente;
  • Ao estar seguro de todas as informações, clique em “Enviar”.

Caso o usuário já tenha cadastro, é só entrar direto na área de login do site. Em caso de dúvidas ou dificuldades, basta entrar em contato com a equipe do PGP-PR na área de contato do site, diretamente pelo e-mail: priscila@sindafep.com.br ou pelo telefone e WhatsApp (41) 3221-5308.