Mundo Pet

Instituto realizará doações para abrigos de cães

 Aumento de número de animais abandonados nas ruas cresceu com a pandemia do Covid-19

A chegada da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), mudou a realidade de muitas cidades no Paraná. Em Curitiba, por exemplo, o número de cães abandonados aumentou em grandes proporções desde o início dos casos na cidade.

Os números reais desse crescimento são impossíveis de serem confirmados, visto a quantidade significativa de abrigos na cidade. “Nesse período, infelizmente, nós estamos vendo de forma mais acentuada os problemas da causa animal, como a superlotação dos abrigos, a falta de recursos financeiros, noções de administração, entre outros”, destacou a médica veterinária Luciana Galeb.

Como parte da solução do problema, o Instituto Cão Companheiro lançou o Fundo Emergencial de Amparo à Causa Animal, que tem como objetivo dar subsídios aos abrigos, entidades e protetores. “Sabemos que a missão dessas pessoas e organizações é desafiadora e não podíamos ficar de braços cruzados, por isso decidimos iniciar esse projeto”, enfatizou Luciana.

Levantamento realizado mostrou que em média um abrigo de cães com uma população de 100 animais consome diariamente 50 quilos de ração. Em trinta dias, o consumo deste único local é de 1,5 toneladas. Existem mais de 40 abrigos de cães que estão distribuídos em Curitiba e Região Metropolitana.

Segundo a veterinária a ação trará um pouco mais de alento aos animais. “Essas ações trarão resultados positivos a médio e longo prazo. Ofereceremos um bem-estar a esses animais visto que além das rações serão doados também medicamentos, vacinas e outros itens de primeira necessidade”.

O Instituto realizará as captações e doações junto a entidades privadas e pessoas físicas que queiram doar e repassará aos abrigos que estão cadastrados.

Para organizar de maneira mais objetiva, o ICC seguirá alguns passos:

1º – Seleção da Entidade/Abrigo e Levantamento de Documentos

2º – Visitação e Aplicação do Questionário de Gestão de Abrigo e Bem Estar Animal

3º – Início do FUNDO – Recebimento de Recursos / Gestão

4º – Entrega do Recurso – Ação Assistencial