Novidades Tecnologia e Games

Jogo do Momo aterroriza vítimas no WhatsApp

O jornal Tribuna do Paraná, de Curitiba, divulgou nesta quarta-feira (01) um importante alerta sobre um crime virtual que vem aterrorizando usuários do aplicativo WhatsApp em todo o Brasil. Como explica a repórter Maria Luiza Piccoli, trata-se do “Momo”, “uma figura medonha, ativa nas redes sociais, que tem apavorado muita gente ao ameaçar usuários de aplicativos de conversa, aleatoriamente, em uma nova espécie de jogo online cujo objetivo nada mais é que amedrontar e tirar o sono das vítimas”.

O advogado Guilherme Guimarães, especialista em Direito Digital e Segurança da Informação, destaca que esta é uma nova modalidade de cibercrime que busca fazer suas vítimas mesmo que, aparentemente, a única finalidade seja criar pânico. Autoridades e órgãos vinculados à segurança na internet já emitiram o alerta de que brincadeira pode virar golpe.

Para quem for vítima, Guimarães orienta que o primeiro passo é fazer o registro documental dessas ameaças: inicialmente, a partir do print screen da tela do celular e, de preferência, indo até um Tabelionato de Notas onde deverá solicitar uma ata notarial da ameaça digital. Na prática, o cartório vai documentar a ameaça recebida pelo celular, o que pode ser usado posteriormente como prova em um processo judicial. “Além disso, é fundamental acionar as autoridades competentes para que elas possam atuar na busca a esses criminosos virtuais”.

Ele ressalta ainda a importância de não adicionar números de desconhecidos e, no caso de crianças e adolescentes, os pais devem sempre monitorar os grupos de Whatsapp que os filhos participam.

Leia a matéria completa na Tribuna do Paraná.