Mundo Empresarial Tecnologia e Games

Novo modelo de negócios para quem quer empreender

Cada vez mais pessoas apostam no empreendedorismo digital e os números comprovam: para 2019, a expectativa é que o mercado de infoprodutos ultrapasse a cifra de R$ 19 bilhões

Dados do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – mostram que 64% da população brasileira está conectada à internet. Em números, são mais de 126,3 milhões de usuários com idade acima de 10 anos. Este cenário transformou o hábito de consumo e, também, abriu portas para inúmeras oportunidades de negócios e formação de novos empreendedores. 

Um dos modelos de negócio que mais cresce no meio digital é a venda de infoprodutos, cuja finalidade é educar ou solucionar um problema por meio de cursos online, vídeo-aulas, podcasts, e-books, entre outras opções (todas online).  “Esse é um dos modelos de negócio que mais crescem no mundo, afinal, com a facilidade da internet e o baixo custo, é simples, prático e rápido comprar um infoproduto para adquirir conhecimento, por exemplo”, resume o CEO & Founder da TurboMKT, Edson Moreira. 

De acordo com Moreira, qualquer pessoa pode se tornar um empreendedor digital, entretanto, é preciso ter experiência ou habilidade específicos de um tema para gerar material de qualidade. “Existem milhões de pessoas com vontade de adquirir conteúdos que satisfaçam suas necessidades. Oferecer ao cliente assuntos relevantes, com informações agregadas à valores é um dos principais ingredientes para o sucesso”, aponta. 

Utilizar uma plataforma para vender, hospedar e gerenciar estes infoprodutos faz toda a diferença para quem quer se tornar um empreendedor digital. Tanto os produtores de conteúdos quanto os afiliados (vendedores comissionados que ajudam a distribuir os infoprodutos), devem levar em consideração uma estrutura que facilita as matrículas, pagamentos e recebimento de renda. “Sou especialista neste segmento, e meu compromisso é fomentar o empreendedorismo digital. Para tanto, temos o Programa de Aceleração Digital: é uma mentoria exclusiva e humanizada para auxiliar no planejamento e estratégias, tornando o negócio ainda mais lucrativo”, explica Moreira. 

Segundo o CEO & Founder da empresa – considerada uma das três melhores startups do ano de 2019 pelo Prêmio da ABComm de Inovação Digital 2019 – promovido pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico –, no último ano, os nichos mais explorados dentro da TurboMKT foram estética, saúde e beleza. “Um dos cases de maior sucesso é de uma produtora de cursos online voltados à estética. Ela tem faturado, mensalmente, algo em torno de 100 mil reais”, exemplificou Moreira, salientando que, para obter sucesso é preciso muita pesquisa e estudo de mercado, pois as exigências para essa modalidade de negócio não são muito diferentes das do empreendedorismo tradicional. 

O empreendedor precisa se perguntar se há alguém disposto a pagar pelo que ele quer oferecer e se as vendas serão suficientes para gerar um lucro que compense o esforço demandado. “Se a resposta for negativa ou incerta, é mais seguro voltar a planejar e, se necessário, repensar e inovar o que se tinha em mente, para evitar prejuízos e frustrações”, finaliza.