Bem Estar Cultura

Participe do curso para formação de contadores de histórias

Curso da Viva e Deixe Viver prepara voluntários para levar sorrisos onde a dor tende a ser mais forte que a alegria

Estão abertas as inscrições para o curso de 2020 da Associação Viva e Deixe Viver (Viva), organização não-governamental que congrega 1.282 voluntários responsáveis por contar histórias em 90 hospitais do País. O curso “Arte de contar histórias e do brincar no âmbito da Saúde e da Educação” forma cidadãos conscientes a serem voluntários contadores de histórias a partir de valores humanos como empatia, ética, afeto e solidariedade, aprendem a administrar melhor seu tempo, tendo vivencias e dinâmicas sobre o luto e lidar com as perdas e sobre o mundo do lúdico.

A primeira etapa do programa é mais abrangente, pois prepara os alunos para atuar em outras entidades, e não somente em hospitais. Reconhecida pelo profissionalismo com que atuam seus voluntários, a Viva passa a compartilhar, desta forma, sua expertise no treinamento e capacitação de voluntários com outros segmentos do Terceiro Setor.

“Sempre fomos muito rigorosos com o preparo de nossa equipe, porque o ambiente hospitalar exige um comportamento diferenciado e um grande preparo pessoal, para enfrentar o convívio com a doença. Por isso, decidimos ampliar a abrangência deste curso, abrindo espaço para os que pretendem atuar em outros locais, como casas de repouso, creches e escolas, por exemplo”, explica Valdir Cimino, fundador e presidente da entidade.

O curso terá início em março e será finalizado em agosto, com participação obrigatória em todas as etapas. Na disciplina de abertura, a Associação Viva e Deixe Viver apresenta os fundamentos filosóficos do voluntariado contemporâneo. “Nesta fase, procuramos mostrar a importância de agir com compromisso, consciência e constância, como se o voluntariado fosse uma atividade remunerada”, pontua Cimino.

Para participar, basta se inscrever pela internet: www.vivaedeixeviver.org.br. O investimento é de R﹩ 450,00. Outras informações estão disponíveis pelo telefone (11) 3081-6343, no website da entidade (www.vivaedeixeviver.org.br) ou escrevendo para site@vivaedeixeviver.org.br.