Saúde Últimas

Pesquisador do Projeto Eu Digo X é eleito como representante brasileiro entre membros de genética perante a International Organization for Standardization

Roberto Hirochi Herai, doutor em Genética e Biologia Molecular, pesquisador permanente do Programa de Pós Graduação em Ciências da Saúde (PPGCS) da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e do Instituto Lico Kaesemodel – Projeto Eu Digo X, foi convidado e eleito como membro especialista do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia/Associação Brasileira de Normas Técnicas (Inmetro/ABNT) na área de regulamentação de dados genéticos para uso no âmbito das ciências da vida (medicina, agricultura, microrganismos, biologia, biotecnologia, engenharia etc.). No Brasil, existem apenas dois membros da área, que também representam o país na determinação da padronização internacional: a International Organization for Standardization (ISO).

A partir de agora, o Dr. Herai passa a compor o grupo responsável pela definição das normatizações de armazenamento, análise, processamento e uso de dados genéticos de uma forma geral no país, além de ter participação ativa na discussão das padronizações ISO no mundo, sendo representante brasileiro para garantir que os interesses do Brasil sejam assegurados por meio de uma padronização que não o deixe como coadjuvante na determinação dos padrões internacionais na área de genética.

Para o projeto Eu Digo X, que é responsável por um cadastro com mais de 300 famílias, o que auxilia no mapeamento da Síndrome do X Frágil no Paraná e em outros estados do Brasil, é motivo de grande orgulho. “Já sabíamos que contávamos com um profissional de pesquisa extremamente competente. Hoje, as famílias atendidas pelo projeto Eu Digo X, estão certas de que as pesquisas e análises genéticas possuem um respaldo e uma qualidade incontestável”, explica Luz María Romero, gestora do Instituto Lico Kaesemodel.