Bem Estar Bon Vivant

Sisi Cosméticos é case de sucesso de sobrevivência e crescimento na pandemia

A empresa de pouco mais de dois anos registra crescimento em vendas online

A pandemia nos trouxe aprendizados e novas formas de viver. Entre perdas e receios, a Sisi Cosméticos se destaca pelos números positivos em 2020, com crescimento dos produtos para clientes que revendem online. Fundada a partir da história da Isabel Amália Eugênia, Imperatriz da Áustria conhecida como Sisi (1837-1898), seu objetivo é oferecer ao mercado nacional os melhores produtos de cuidados com a pele de forma prática e rápida. “Estamos no mercado há pouco mais de 2 anos e é claro que 2020 tem sido uma luta de sobrevivência para todo o comércio. Uma das nossas maiores dificuldades tem sido conscientizar as pessoas sobre a importância dos cuidados com a pele e, neste ponto, a pandemia nos ajudou muito, já que as pessoas estão passando mais tempo em casa e cuidando mais da saúde e da beleza”, afirma Diana Shin Kang, gerente da marca.

Hoje, a Sisi Cosméticos conta com uma linha de mais de 100 itens entre produtos para cuidados da pele e máscaras faciais coreanas conceituadas no mercado mundial de beleza. Os produtos atendem diversas necessidades e tipos de pele e também são divididos para uso de homens e mulheres de diferentes faixas etárias. “Com o tempo percebemos que as pessoas sentem necessidade de cuidar da pele mas precisam de mais praticidade para incluir esta rotina no dia a dia. As sheet mask, como são conhecidas na Coréia, tem justamente a tecnologia para oferecer o tratamento e sua pele precisa em apenas 15 minutos em qualquer momento do dia”, garante Diana.

O kbeauty já tem ocupado seu espaço no mercado brasileiro e junto ao crescimento das vendas em e-commerces, já que as pessoas buscam estes produtos online pela praticidade e comodidade de adquirir itens importados sem sair de casa, a Sisi registrou um crescimento de vendas que permitiu à empresa faturar cerca de 40 vezes mais durante o período.

Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC), a perspectiva é que o mercado cresça 1,1% em 2020 em relação a 2019. E o skincare tem sido chamado de “hit da quarentena”, já que, mais que conservar o viço e a saúde da pele, o ato de cuidar de si traz conforto e senso de rotina, itens importantes para manter a saúde mental em tempos tão desafiadores. A categoria de cuidados com a pele está apresentando um enorme crescimento, com destaque para as máscaras. Os números da Associação mostram que houve aumento de 92,8% em volume de vendas das máscaras faciais comparando os meses de janeiro a maio de 2020 com o mesmo período em 2019.

O clean beuaty, que está totalmente alinhado aos produtos oferecidos pela Sisi Cosméticos, também veio para ficar, uma vez que o consumidor mostra uma conscientização cada vez maior com relação à origem dos produtos e suas fórmulas. “O conceito que já vinha crescendo de beleza limpa ou clean beauty se consolidou ainda mais na pandemia. Os brasileiros já estavam atentos ao que consomem e este momento trouxe um olhar ainda mais cauteloso para a saúde” finaliza Diana.