Bon Vivant Cultura

Viagem do conhecimento: você conhece os roteiros pedagógicos de Pernambuco?

Quando o conteúdo ultrapassa as paredes da sala de aula, a chance do aluno se interessar ainda mais pela matéria é multiplicada e somada à experiência de conhecer e vivenciar o assunto na íntegra. Essa é a proposta da Forma Conhecer, operação da Forma Turismo especializada em conteúdo pedagógico e viagens educacionais. A visita dos estudantes a museus, parques, centros de experiência, reservas naturais e demais espaços do conhecimento promovem a interação com o objeto em estudo, despertando a curiosidade e instigando o aprofundamento em determinados temas.

Em Pernambuco, a Forma Conhecer-PE possui diversos programas que contemplam diferentes vertentes do conhecimento, como história, biologia, artes e literatura. Abaixo, são destacados cinco opções que estão prontas para receber estudantes do Ensino Fundamental 1 ao Ensino Médio.

Estudando o ecossistema.

O Mangue de Guadalupe reserva um estudo amplo dos biomas e formações geológicas, além das tipologias de manguezais e sua importância para a cidade.

Resgate da história. 

O Centro Histórico de Igarassu possui a igreja católica mais antiga do Brasil e reserva uma arquitetura imponente, rico acervo cultural e religioso, além da história de Pernambuco e da arte barroca.

Cores e arte. 

O Museu de Xilogravura e Memorial J. Borges encanta com a arte da gravura sob madeira, como imburana e louro canela, ilustrando paisagens e personagens históricos do Nordeste. Está associado às disciplinas de arte e literatura.

Além da ciência.

O Museu de Ciências Nucleares traz aos estudantes experimentos relacionados à tecnologia, cursos, exposições e diversas atividades que promovem a interação com a matéria nuclear. O passeio contempla as disciplinas de química, física e ciências.

Imersão artística.

O Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (MAMAM) homenageia o artista brasileiro e conta com acervo de obras de diversos nomes da arte moderna e contemporânea. Na visita, os educandos conseguem fazer uma análise histórica do Brasil, juntamente às manifestações artísticas.

Redescobrindo o passado. 

O Museu de Arqueologia da UNICAP conta com acervo arqueológico e pesquisas que narram a história do período pré-histórico da região de Pernambuco, além do contato com uma comunidade indígena local. É ideal para o estudo das disciplinas de história e geografia.

Cultura e raízes.

O Museu da Abolição (MAB) preserva a cultura negra e é um espaço de pesquisa e divulgação da história da abolição da escravatura. O MAB promove o resgate da herança cultural e artística do negro e é um excelente destino para o estudo da história do Brasil e seus antepassados até o ano de 1888.