Morar Bem Últimas

Vindas do Uruguai, oliveiras bicentenárias são destaque de empreendimento em Londrina

Simbolizando força e vitalidade, espécies com mais de dois séculos de vida foram trazidas pelo Grupo A.Yoshii

Frutíferas, baixas e com tronco retorcido, as oliveiras têm diversos significados espirituais em diversas religiões, como grega, judaica e cristã. Os gregos, por exemplo, as enxergam como símbolo de vitalidade e força, e a espécie frutífera também é conhecida pela longevidade. Para eles, mesmo que queime ou corte uma oliveira, ela é capaz de brotar novamente de suas raízes. Por esses motivos, essas árvores representam também perseverança e fidelidade.

Podendo ser cultivada por milênios, oliveiras carregam histórias nas raízes, troncos, folhas e frutos. Historiadores dizem que a oliveira mais antiga do mundo está em Portugal, na região de Mouriscas, e, por meio de estudos científicos, foi certificada por possuir mais de 3.350 anos.

Recentemente, a cidade de Londrina (PR), recebeu dois pés de oliveiras bicentenárias, que foram importadas do Uruguai, para marcar a reestruturação do showroom da construtora A.Yoshii. Com 200 e 300 anos, as árvores, que também têm uma simbologia especial para a empresa, estão plantadas na entrada do empreendimento, localizado na Gleba Palhano – um dos bairros mais nobres da cidade.

Agregado ao conceito de “gentileza urbana”, o ambiente em que as árvores estão cultivadas é cercado por vegetação e proporciona espaço contemplar a paisagem. O agrônomo paisagista da iO Paisagismo, que realizou o projeto do showroom da construtora, Ivan Pona, afirma que as oliveiras bicentenárias assumiram o protagonismo e se tornam o foco do projeto. “Sentimos harmonia na proporção e respeito entre a arquitetura e paisagismo. Juntos, fizemos a construção de uma história, que possibilita narrar a marca da construtora e representar a perenidade, solidez e inovação inerentes à A.Yoshii”, explica.