Mundo Empresarial Últimas

Segmento da atividade costuma influenciar o tipo do imóvel comercial

Seja para as opções de grandes empreendimentos ou pequenos escritórios, a escolha de um imóvel para fins comerciais exige pesquisa, conhecimento da proporção da atividade a ser desenvolvida e especialmente, a consultoria de um profissional do mercado imobiliário para melhor orientar a respeito.

Uma loja de artigos populares vai trazer pouco retorno em um prédio comercial, assim como um escritório de advocacia não faz muito sentido em um terminal urbano. Claro que as pessoas que usam ônibus também consultam advogados, mas em um terminal de ônibus, quem circula está costuma a estar com pressa e a prioridade é para a oferta de serviços e artigos de primeira necessidade, como lanchonetes, farmácias, presentes de última hora e até pequenos serviços, como barbeiro e chaveiro.

Segmentos que dependem de consultas mais especializadas como a área de saúde ou jurídica até podem estar próximos desses locais, com bastante fluxo de pessoas, mas exigem uma maior estrutura para melhor receber os clientes, que vão gastar algum tempo por lá.

O diretor da imobiliária Sallvi, Lisandro Salvi ressalta que em muitos casos há empresas que chegam a indenizar outra já estabelecida no ponto comercial para estruturar seu empreendimento. Segundo ele, isso pode ser detectado pelo plano de expansão ou em uma pesquisa de mercado. “Os empreendedores verificam que determinado local ou ponto comercial será frutífero e atuam para tomar conta daquela área”, comenta.

No panorama atual, Salvi revela que a tendência hoje é a busca de imóveis estruturados, mas ressalta que os locatários costumam adaptar a estrutura dos imóveis comerciais de acordo com as suas necessidades. “Os imóveis comerciais são como um grande jogo de Lego. Cada locatário vai compondo conforme o que vai usar”, comenta.

Para isso é importante estar atento a alguns pontos quando alugar um imóvel comercial:

  1. Localização é fundamental para atender seus interesses, como ser de fácil acesso aos fornecedores e funcionários, linhas de transporte próximas e segurança.
  2. Identificar se a localização atende mais a uma região comercial, industrial ou residencial e se está de acordo com seu público.
  3. Avaliar se o imóvel irá precisar de reformas, segundo sua natureza, e negociar esse investimento com o proprietário do imóvel para minimizar os gastos iniciais. Uma alternativa bastante comum e aceita é definir o início do pagamento do aluguel para depois de finalizadas as obras de reformas.
  4. Na escolha do imóvel, contemplar questões de segurança, porte e estrutura, para o caso de expansão no futuro, o local possa estar adequado.
  5. Checar a regularidade e a documentações do imóvel.

A Sallvi dá suporte aos inquilinos na obtenção do alvará, regularização nas pendências do imóvel, negociação de carência e benfeitorias. E aos proprietários desses imóveis comerciais, presta auxílio nos métodos de segurança para evitar invasões do local, através de sistema de vigilância e alarmes, monitoramento contínuo do estado do imóvel, aparência, limpeza, placas especiais, anúncios personalizados e visitas acompanhadas.